Tasmânia – o que tem?

A Tasmânia, além de ser a terral natal do Taz, é um dos 8 estados que formam a Austrália. Por ser uma ilha isolada ao sul do país, com uma população bem pequena e essencialmente rural,  é muitas vezes tratada como o ‘irmão bastando’ do resto da Austrália. Pura bobagem, já que lá encontramos paisagens de tirar o fôlego e um monte de gente simpática. Aí vai uma ideia do que mais tem por lá. 

rock formations

Tem essas incríveis formações rochosas que podem ser vistas num passeio de barco. Totem Pole and Candlestick, Port Arthur. Paul Fleming

IMG_0133

Tem várias trilhas, essa é a mais famosa: Wineglass Bay. Arquivo pessoal

bay

Tem praias gostosas tipo essa em Bay of Fires. Stuart Crossett

DSCN3864

Tem lagos incríveis nas montanhas. Arquivo pessoal

IMG_0159

Tem pôr do sol divino em Coles Bay. Arquivo pessoal

photo (24)

Tem vinícolas deliciosas em Tamar Valley, Launceston. Arquivo pessoal

path

Tem trilhas e mais trilhas prá se esquentar na frieza das Cradle Mountain. Federico Penta

Tem uma capital bem simpática: Hobart. Arquivo pessoal

Tem uma capital bem tranquila e simpática: Hobart. Arquivo pessoal

aurora

Com sorte, tem até Aurora Austral. Jamie Richey

tas

E claro, tem demônio da Tasmânia. Paul Pichugin

IDEIA DE ROTEIRO: Hobart – Port Arthur – Wineglass Bay – Bay of Fires – Launceston – Cradle Mountain

mapa

Como chegar – voe até Hobart, a capital do estado, ou vá até Launceston de balsa, partindo de Melbourne, numa viagem que dura cerca de 10 horas.

Melhor época – em geral a Tasmânia é beeem fria e o tempo muda de uma hora prá outra. A não ser que você queira ver neve, a partir de novembro já começa a ficar mais agradável. O verão dura até março, mas dificilmente faz muuito calor.

Onde se hospedar – a Tasmânia tem vários resorts de primeira classe. A gente viajou de trailer, então só paramos nos acampamentos –  todos super bem estruturados e baratinhos.

Melhor hospedagem da viagem – definitivamente Cradle Mountain Discovery Holiday Park, onde tinha cozinha comunitária super equipada e com lareiras e os chuveiros mais quentinhos da viagem (era Novembro e tava muuito frio naquela área).

Quanto tempo ficar – dá prá dar a volta na ilha toda, parando em todos os pontos do roteiro acima, em 1 semana. Mas se você for no verão, vale a pena abrir mão de umas visitas para se espichar uns dias nas praias (tipo Bicheno, Binalong Bay ou na costa norte).

Você deve ir se – curte ecoturismo, ar puro e sossego.

Você não deve ir se – quer vida noturna badalada e grandes cidades.

2 thoughts on “Tasmânia – o que tem?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *