Logo Eu

Tentei ter um emprego convencional
Logo eu
Que abomino o banal

Prezo mesmo é por liberdade
Logo eu
Que sempre sofro de tanta saudade

Quis ser livre e o mundo desbravar
Logo eu
Que mal tenho onde morar

O negócio é aprender a viver com pouco
Logo eu
Que acumulo feito louco

Achei que aos 31 já teria um ou dois filhos
Logo eu
Dona de uma vida tão fora dos trilhos

Quem sabe foco na minha felicidade
Logo eu
Com minhas crises de identidade

Já pensei em desistir de tudo e fugir prá Patagônia
Logo eu
Sua Conterrânea

2 thoughts on “Logo Eu

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *