trabalho australia dinheiro

Paga bem, que mal tem?

É fácil topar ser garçom na Europa quando o salário é compatível ao que você tinha como assistente sênior de não-sei-o-quê, ou analista pleno de não-sei-o-quê-lá no Brasil. Exercer um subemprego no exterior pode até mesmo ser desafiador o suficiente, especialmente quando nos vemos, muitas vezes pela primeira vez na vida, responsáveis por prover nosso próprio sustento, sem o amparo da rede familiar e dos contatos que ficaram no Brasil. Logo, encaramos “qualquer coisa” enquanto reaprendemos a falar, compreendê-los, interpretar os códigos culturais locais e o mercado de trabalho.

Lembro bem do primeiro intercâmbio que fiz, numa cidadezinha vizinha de Las Vegas. Lá, intercambista bem sucedido era aquele que conseguia chegar ao cargo de garçom. A gente aplicava prá vaga de assistente de garçom (busser), já mirando na promoção. A segunda vaga mais procurada era de vallet park – não pelos salários em si, e sim pelas gorjetas (ah sim, e a chance de dirigir carrões). No fim das contas, todo mundo já saia do Brasil felizaço com o emprego de camareiro(a) – e, acreditem, e a gente se divertia horrores! Continue reading

trabalho australia

Manifesto dos labours

Seja por limitações de visto, falta de experiência local ou pouca fluência no idioma, a gente engoliu o orgulho e encaramos mesas cheias, privadas sujas e chefes “quadrados”. Trocamos o prestígio de alguns cargos em empresas renomadas pela informalidade de trabalhos casuais. Penduramos trajes executivos e aderimos aos práticos uniformes. Substituímos o salto alto por calçados confortáveis e camisa bem passada por roupa fácil de lavar. O peso nos ombros, trazido por grandes responsabilidades, foi trocado pelo peso dos carrinhos de mão, do aspirador de pó ou dos filhos dos outros. Trocamos baías aconchegantes de escritórios por restaurantes, lojas ou até casas – confortáveis como eram as nossas… A escada corporativa pela escada da obra. A churrascaria cara do almoço por um lanche rápido, que desce goela abaixo enquanto a gente dá oi no WhatsApp e engole a saudade. Continue reading

snapchat australia

5 Snapchats Australianos que você precisa seguir

Ainda que o Snapchat não me pareça ser tão popular entre as celebridades australianas, dei uma bela esmiuçada até conseguir elencar um top 5 cheio de gente legal. Seguir esse pessoal é uma maneira divertida de turbinar o inglês e aprender um pouco da cultura local. Na dúvida se eles são #TeamSnap ou #TeamInsta, coloquei a conta dos dois.

Zoe Blake

Zoe Blake vida na Australia

Inteligente, bem humorada e mãe de bebê fofo

A Zoe não é “rata de rede sociais” mas volta e meia lança algum post inteligente e bem humorado. Comecei a segui-la no Snapchat há pouco, já no Instagram acompanho há mais tempo e juro, pela primeira vez na vida não me importo se ela “floodar” a página com fotos do filho, que é o bebê mais fofo que já vi na vida, fruto do casamento dela com outra figura que vale muito a pena seguir: o Hamish Blake, um apresentador hilário da tv australiana (Instagram: hamishblakeshotz).

— SNAPCHAT: ZINGUS – INSTAGRAM: ZOTHEYSAY — Continue reading

morar fora australia

Sobre morar fora: Apenas Vá

Apenas vá
Leve excesso de coragem

Esqueça a preocupação

Sua mala não vai ultrapassar o limite permitido
Não será extraviada
Mas certamente vai estar cheia de itens desnecessários
Ainda que as coisas mais importantes nunca possam ser transportadas…

Apenas vá
Sua família, amigos e cachorro sobreviverão sem você
E embora isso conforte
É inegável a tristeza que traz Continue reading

australia
mico ingles

Brasileiros que moram na Austrália contam os erros de inglês mais engraçados que já cometeram

Cometer erros ao falar outra língua é comum, e a arte de pagar mico no exterior brasileiro domina bem. Ao invés de procurar o primeiro buraco para se esconder, Priscilla Pree, criadora do canal Amigas de Viagem, compartilhou com o pessoal de Sydney seu mico mais engraçado de viagem. Isso incentivou vários brasileiros que moram na Austrália a contar seus erros de inglês mais hilários, que geraram histórias memoráveis e engraçadíssimas, olha só!  

Eu falei que ia fazer um bolo de chocolate com cockroach, ao invés de coconut.” Mayara Cavalheiro

Estava fazendo uma festa surpresa e faltava a fita durex. Pedi durex pra diretora da escola e ela começou a rachar o bico pois pensou q era camisinha.” Vinicius Gonçale 

micos em inglês

Durex é marca de “little shirt” na Austrália. 

Continue reading

gringo no rio de janeiro

33 coisas que ninguém conta sobre relacionamento com estrangeiro – guia completo cheio de dicas

Se relacionamento é difícil até com alguém da própria cidade, quando têm diferenças culturais as coisas podem ficar ainda mais complexas. Na lista abaixo vão as principais particularidades que tornam relacionamentos com estrangeiros no mínimo interessantes, dá prá aproveitar umas dicas!

 1 – No início, você se questionará se o comportamento esquisito é um traço cultural ou simplesmente fruto da personalidade do gringo.

Dica: quase sempre é um pouco dos dois viu?

Continue reading

Medo

Medos, Zona de Conforto e Recomeços

Segunda-feira. 6:40 da manhã. Primeiro dia sem emprego. Não me sinto aliviada. Não quero ficar na cama até tarde. Fico uns bons 40 minutos que preciso prá checar as redes sociais – e pela vigésima vez digo a mim mesma que preciso policiar o tempo que desperdiço nelas. Levanto e a única novidade que percebo em mim é a preocupação em não deixar esse dia se ir inutilmente – algo que, quando tinha emprego, dificilmente passaria pela minha cabeça, já que trabalhar dá essa sensação de utilidade. Continue reading

Top 10 Restaurantes Sydney

Aí vai minha lista dos must-try restaurantes de Sydney, catiiguria culinária internacional, em ordem aleatória. (Mas a vontade meeeeesmo era mandá um pratão de arroz e feijão da mãe, afff.)

1. ARMCHAIR COLLECTIVE – café da manhã
Disparado meu café da manhã favorito!! O lugar também é uma gracinha, mas chegue cedo porque quando enche fica meio barulhento – mesmo assim a comida sempre vem rapidinho. Meus pratos favoritos são: sweet potato rosti, que vem com salmão defumado, ovos poche, pesto e um molhinho delícia e a sweet corn fritters , que sempre peço e nunca enjoo. Se você curte um breakfast mais docinho (and calórico), vá sem medo no brioche cinnamom french toast, uma espécie de rabanada coberta com frutas vermelhas e calda de maple syrup, yummy! Preço médio desses pratos: $16. 9A Darley St East, Mona Vale [ATUALIZAÇÃO 20/Junho/2016: mudaram o menu e o sweet potato rosti e a “rabanada” cairam #chateada]

IMG_3491

Sweet potato rosti na frente e as corn fritters ao fundo

Continue reading

Livro de Maio: Big Magic – Grande Magia

download

Do que se trata: Elizabeth fala que todos nós temos alguma paixão e habilidade únicas, as quais muitas vezes a gente não dá vazão. Segundo ela, não precisamos necessariamente viver desse interesse, mas precisamos exercê-lo se quisermos ter uma vida mais livre, divertida e cheia de significado. Na verdade, enquanto eu lia esse livro, não o achei incrível, mas foi um dos que mais sublinhei e destaquei trechos marcantes – ou seja, deve ser melhor do que eu imaginava.   Continue reading

Sobre a cara de pau necessária pra aprender um novo idioma

Entre tantas angústias que a vida do outro lado do mundo trás, aquela que atinge a quase todos, como é de se esperar, é superar a barreira do idioma. Aprender um novo bê-á-bá e incorporar a um vocabulário já consolidado milhares de novas palavras é um projeto ambicioso. Requer um tremendo esforço aprender termos intraduzíveis, se acostumar que push não é puxe, pretend não é pretender nem que essa jornada será easy. Continue reading

A proposta mais indecente que já recebi de um estranho

proposta

Quinta-feira, 4 horas da tarde, calorzão de Fevereiro beirando os 40 graus. Ritual de chegada na praia já concluído, estava lá, acomodada sobre minha canga, esticada na areia, benzuntada de protetor da cabeça aos pés. Mexia no celular. A praia estava relativamente cheia pros padrões australianos. Vejo vindo em minha direção em menino de uns 19, 20 anos:

– Com licença, posso lhe fazer uma pergunta meio esquisita? Continue reading

Brasileiros em Sydney: Como Usar

     Originalmente criado como espaço para compartilhamento de informações e integração entre os usuários, o grupo no Facebook dos Brasileiros de Sydney tem sido palco de discussões ferrenhas e de intermináveis polêmicas nos últimos tempos. Com tanta informação inútil que já rola na minha timeline, eu mesma já cogitei sair desse grupo. Assim direcionaria minha tão limitada atenção pra assuntos que de fato são do meu interesse – que não incluem a aprovação do visto de indivíduos cuja existência eu até então desconhecia… Continue reading

Livro de Janeiro: Herege – Por que o Islã precisa de uma reforma imediata

HEREGE - Ayaan Hirsi Ali - Companhia das Letras

Do que trata: escrito por uma ex-muçulmana, ela aponta trechos do Alcorão e dos ensinamentos do Islamismo que instigam violência, subestimam as mulheres, incentivam perseguição aos inimigos e punições severas aos “infiéis”. A autora defende a ideia de que as principais organizações terroristas atuam de acordo com os preceitos do livro sagrado dos muçulmanos e de que, assim como aconteceu com o Catolicismo e Judaísmo, o Islamismo precisa urgente de uma reforma e atualização.

Você deve ler se: Continue reading

9 coisas que você precisa saber prá não se decepcionar com a Austrália

1 – O verão é chuvoso e o inverno frrrrio
Pelo menos assim tem sido em Sydney, um mix entre o clima tropical de Queensland e o inverno rigoroso de Melbourne. Mas há esperança: entre dias chuvosos no verão e gelados ventos no inverno, o sol brilha lindamente. A enxurrada é só de fotos nas redes sociais. Continue reading