Para meus donos de estimação

Tem muita gente precisa de profundas reflexões para descobrir seu verdadeiro propósito na vida. Ao contrário dessas pessoas, eu vim ao mundo com uma função bem definida. E exerço tão bem meu papel de predador que o governo aqui da Austrália pretende exterminar 2 milhões de felinos, como eu, nos próximos anos. Diante dessa intimação, precisei rever meu papel na sociedade, de modo que possa contribuir a ela sem representar uma ameaça à vida selvagem – e, claro, poupando minhas preciosas 7 vidas.

photo 1 (2)

Minha reação quando fiquei sabendo da notícia…

Continue reading

Sobre as coisas do Brasil que eu nunca imaginei que fossem fazer tanta falta

Pão de queijo, guaraná e até Festa Junina já estão quase virando commodities globais. Amigos, família e cachorro farão uma falta danada, mas disso a gente já sabe antes mesmo de partir. Mas os itens abaixo… ááaah, desses eu não esperava sentir saudade.

Continue reading

Coisas que você pode fazer no exterior sem ninguém julgar

“No estrangeiro, nunca se é um estranho para si, mas sempre o mais íntimo”. Michael Onfray

Se no Brasil muita gente tende a olhar com estranheza para comportamentos que fogem do padrão, no exterior ninguém tá nem aí pro que você faz no restaurante, com sua carreira, como se veste ou com quem se relaciona.

Sejam por fatores econômicos, culturais ou de legado deixado pela família Real quando dividiam solo brasileiro com os tupiniquins (sempre convém culpá-los pelas nossas mazelas), aí vai a listinha das neuras que você pode deixar no Brasil quando embarcar rumo aos destinos mais populares de intercâmbio.

Continue reading

Diferenças entre fazer intercâmbio aos 18, 25 e 30

ESCOLHENDO DESTINO
Aos 18 – Um lugar onde você possa se divertir e se bancar com o mínimo de ajuda dos pais.
Aos 25 – Um lugar onde o ensino seja de qualidade, o visto seja fácil e você consiga um emprego bacana.
Aos 30 – Um lugar onde você tenha qualidade de vida, ganhe bem, se realize profissionalmente, viva uma linda história de amor e resolva todos os problemas da vida.

Continue reading

6 verdades poderosas aprendidas em uma temporada no exterior

  • O PODER DA FINITUDE

A sensação de que seu intercâmbio tem data para acabar fará com que você queira aproveitar cada minuto dele, sem poder desperdiçar nenhuma oportunidade de viver algo novo. E na vida as coisas são exatamente assim: a noção de que nada dura para sempre, ou de que final de uma etapa se aproxima, nos dá uma visão mais positiva sobre a situação. É o caso da tristezinha que dá no último dia de emprego (mesmo que você estivesse de saco cheio dele), da dor quando o final de um relacionamento se aproxima ou quando até mesmo alguma doença nos faz lembrar da efemeridade da vida. Vai entender né?

Continue reading

Morando fora: respostas estúpidas para perguntas idiotas

Esclareça de uma vez por todas a interminável e repetitiva lista de dúvidas sobre a vida no exterior. image – É seguro morar aí?

Você sobreviveu a um dos países com maior incidência de homicídios do mundo. Viveu maior parte da sua vida desconfiando de estranhos, trancafiado atrás das grades do seu prédio e evitando o uso do celular em público. Tem certeza que segurança é realmente sua maior preocupação durante os 6 meses que passará no Canadá?  Continue reading

Aside

8 hábitos típicos Brasileiros que você perderá quando morar fora – e um que não tem jeito de se livrar

Tudo começou quando as raras sessões de chimarrão foram ficando cada vez mais escassas, o mate mais amargo e a bomba totalmente entupida. Os anos longe de casa haviam afetado não só meu paladar mas também a habilidade em preparar a mais tradicional bebida da minha terrinha.

Independente da sua cidade-natal ter ou não chimarrão, fato é que, quanto mais longe você estiver de suas origens, menos beberá da sua fonte. Seja pro bem ou para o mal, pelo menos é assim que tem acontecido comigo, como listo abaixo.

Continue reading