Morando fora: respostas estúpidas para perguntas idiotas

Esclareça de uma vez por todas a interminável e repetitiva lista de dúvidas sobre a vida no exterior. image – É seguro morar aí?

Você sobreviveu a um dos países com maior incidência de homicídios do mundo. Viveu maior parte da sua vida desconfiando de estranhos, trancafiado atrás das grades do seu prédio e evitando o uso do celular em público. Tem certeza que segurança é realmente sua maior preocupação durante os 6 meses que passará no Canadá? 

– É muito difícil arranjar emprego?

Duro mesmo é conseguir se vender em outra língua, competir com mão-de-obra local, abandonar o conforto do escritório… Tirando isso é moleza.

– Tem salão de beleza bom para retocar minhas luzes, fazer depilação e unhas?

Não. A galera aqui anda feito bicho das cavernas. Cabelo desgrenhado é a regra entre as mulheres e depilação é um hábito estritamente limitado à cultura brasileira. Entre os homens, a barba rançosa exala um odor bem desagradável. A última coisa que irão reparar é na falta de manutenção das suas californianas.

– Tem cachaça para vender?

Tem até chá de boldo filho! Mas prá destruir seu fígado com a marvada, esteja disposto a vender um rim também, porque a bichinha fica cara quando cruza o oceano!

Estou embarcando amanhã. Algo imprescindível que deva levar?

Um filhote de tiranossauro rex, a alça esquerda do sutiã bege da sua professora da 2ª série e uma escova de dentes usada do Bill Clinton. O resto tem tudo aqui. Ah, traga também um pouquinho de bom senso. Não pesa nada mas eu mesma já esqueci várias vezes…

– Qual é a melhor escola para estudar inglês?

De preferência aquela que não ameace denunciar suas faltas para a imigração. Se conseguir um trabalhinho bacana, é bem provável que ele seja muito mais produtivo que a escola, vai por mim…

Como é comprar eletrônicos aí?

Você precisa da autorização do vice-governador local, assinatura de três ministros, cópia autenticada do passaporte da sua bisavó e tradução juramentada da sua certidão de nascimento. Daí vai na loja e dá uma olhadinha nos preços. Dizem que na internet, de qualquer lugar do mundo, também dá prá pesquisar essas coisas.

– Alguém vendendo dólar?

Todas casas de câmbio da cidade, a maioria dos bancos, alguns correios e um monte de brasileiros. Aliás, a quem interessar possa, tô comprando.

– Qual o melhor site para aprender sobre a vida no exterior?

O da Sua Conterrânea tá longe de ser o melhor, mas tem umas babaquices metidas a engraçadinhas e outras reflexões até meio profundas – varia de acordo com as oscilações de humor de uma doida que nos últimos 10 anos morou em 6 países diferentes.

2 comentários sobre “Morando fora: respostas estúpidas para perguntas idiotas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s